CIAP 2017: o Senhor falou conosco, agora é agir!

 em Notícias, Secção 1-Litoral, Secção 2-Curitiba e Região, Secção 3-Campos Gerais, Secção 4-Norte Nordeste, Secção 5-Oeste

Março de 2017 é um daqueles meses para se registrar na história. Mais especificamente, os dias 17, 18 e 19. O que teve de tão especial? Um mover de Deus durante a 1ª Conferência Internacional Apostólica do Paraná, capaz de nos refazer como cristãos. Quatro palavras podem ser destacadas: apostólico, relacionamento, conexão e conduíte. Mas, não se trata de conceitos ou mudanças de nomenclaturas, é atitude, voltar ao primeiro amor, às primeiras ações cristãs.

 Durante 19 horas de palavra, divididas entre os três dias, o Pastor Chester M. Wright ministrou sobre o ser igreja, nos exortando pelo fim da religiosidade e para que preguemos e louvemos fora das paredes do templo. Os apóstolos não foram chamados para levantar igrejas, mas para viver o “Ide”. Somos apostólicos, então é assim que devemos agir. Investir mais em almas e menos em alvenarias.

Ser apostólico é ter relacionamento com Deus. Não precisamos nos encher porque vivemos cheios do Espírito Santo, não podemos orar apenas quando há algum trabalho, alguma necessidade, algum “favor” de Deus. A oração deve fazer parte da nossa identidade, deve estar intrínseco em nós, ser nossa primeira atitude ao acordar e terminar no momento de dormir. Não há apóstolo sem relacionamento com Jesus, e não há relacionamento sem oração.

 Isso também foi reforçado pelo Pastor Kevin Howard em suas ministrações. Devemos reconstruir nosso altar com o Senhor. Consertar as rachaduras provocadas principalmente pela falta de perdão. O muito agir ou falar sem ter conexão com Deus, de nada adianta. Talvez, uma ministração pode tocar corações, ser canal para batismos com o Espírito Santo, mas se o ministrante não estiver em relacionamento sincero com Deus, se perderá. E isso é muito sério.

 Quando se é verdadeiramente apostólico, sempre temos palavras em nossas orações, principalmente de interseção, que nos colocam como canal de bênçãos e de salvação para os que estão sem Deus. Somos conduítes da Palavra e do mover do Senhor. Mas do que trazer para a igreja, precisamos levar Jesus.

Os que estão mortos espiritualmente, não têm forças para agir sozinhos, não conseguem sair dessa situação. Por isso o Senhor precisa usar a Sua igreja, que somos nós. Ele é o cabeça. Nós somos o corpo. E um corpo perfeito é aquele em que cada membro obedece aos comandos quem vem do cérebro, da cabeça.

 No próximo ano, tem mais. A 2ª Conferência Internacional Apostólica do Paraná será novamente em março. Acompanhe o site www.ciap.org.br e nossa fanpage www.facebook.com/IPUBParana e fique por dentro de tudo.   CIAP 2018. Participe!

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar