Encontro de mulheres teve como tema se humilhar e abandonar os maus caminhos

 na categoria Departamento Mulheres, Notícias

A atenção foi completa durante o encontro de Mulheres com Ministério: espírito, alma e corpo foram tratados; durante as ministrações, houve indicação de dois importantes livros.

O que é preciso ter em um encontro de Mulheres com Ministério? Muita Palavra, louvor, oração, libertação, companheirismo, amizade, carinho… Então, pode-se afirmar que o encontro realizado entre os dias 21 e 23 de abril, no Paraná Golf Hotel & SPA, em São José dos Pinhais, foi completo. Teve um pouco de tudo e muito de Deus. O tema, este ano, foi “Venho a Ti com pano de saco… Me humilharei, abandonarei meus maus caminhos e alcançarei o favor de Deus” (Jonas 3: 5-10).

Diante de 170 mulheres, a irmã Graciely Pereira Caetano testemunhou suas lutas e vitórias e inspirou muitas. A mensagem “Curada para servir”, baseada no livro “Espelho, espelho meu, que mulher sou eu?”, de Lúcia Rodovalho, falou sobre se verdadeiramente curada, livre de todo trauma. Algo conquistado apenas na presença do Senhor, por meio da liberação do perdão.

O tema “Aprendendo a linguagem do amor” foi trabalhado pela irmã Marcela Chakarski. Inspirada no livo “As cinco linguagens do amor”, de Gary Chapman, ela falou sobre a importância de se conhecer a maneira como o cônjuge entende que é amado. Talvez, o outro não se sinta amado, apesar de ser, simplesmente porque há uma falha na linguagem utilizada. Os dois livros indicados valem muito a pena, principalmente para as casadas.

A líder Distrital das Filhas de Sião, irmã Lislaine Setim, apresentou um novo conceito de serva de Deus: “Sou acountability?” O termo não tem tradução, mas pode ser definido como a busca pela excelência quando se deve prestar contas ao seu superior. Um exemplo de acountability foi Estevão. Ungido para servir as mesas, mas que aproveitou a oportunidade para pregar, orar, evangelizar… Ele buscou a excelência quando serviu ao Senhor. É assim que deve ser!

Outro momento de adoração foi o Ato Profético “Quebrando as muralhas de Jerico” conduzido pela irmã Solange Rodrigues. Houve oração direcionada a grupos específicos, mas no final, todas oraram umas pelas outras, assim abençoaram e foram abençoadas. Para encerrar, a irmã Ivonete Souza ministrou o tema “Pano de saco e o favor de Deus”. Aproximadamente, 80% das mulheres se vetiram de saco de pano (feito de TNT). A entrega na presença do Senhor foi tremenda. Só Ele é grande e digno de louvor e adoração.

Para as solteiras

Em alguns momentos, as jovens solteiras tiveram uma mensagens diferentes. Com a irmã Deborah Cardoso, o tema foi “Fazendo a obra de Deus, enquanto…”, com a Daniele Neves, “Gata borralheira ou princesa?”, e com obreira Eunice Macena, a palestra tratou do assunto: “Homem de Deus, casa com mulher Deus”.

Tratamento completo

No sábado (22), o intervalo entre uma ministração e outra  Intervalo foi uma pausa para cuidar do corpo e relaxar, com uso do spa e da piscina liberado, além de serviços como hidratação e massagens realizados pelas próprias irmãs. Parte da renda foi revertida para o Departamento Distrital das Filhas de Sião.

 

 

Recommended Posts

Deixar um comentário

Digite o que procura e aperte a tecla Enter para pesquisar